Logo Dealernet

5 tendências automotivas do novo normal

5 tendências automotivas do novo normal

Compartilhe:

Não há dúvidas de que o mundo sofreu uma transformação brutal no último ano. Tudo isso tem a ver com a pandemia e com as tecnologias online e é nesse cenário em que estamos entrando em um novo normal.

Agora, é interessante que analisemos o sentido da palavra "normal" e da palavra "comum". Além disso, precisamos entender como isso pode ser mudado e os impactos em todos os setores, como o automotivo.

Sim, a ideia de mudança será muito mais profunda a partir de agora, o que vai além da inovação, ou seja, trata-se de costumes, comportamentos e, principalmente, de novas tendências. E então, vamos matar a curiosidade sobre isso tudo? Continue a leitura!

Você sabe o que é o "novo normal"?

Você provavelmente ficou bastante intrigado com a introdução do artigo, não é mesmo? Pois é, vamos explicar. O conceito de "normal" pode ter uma série de interpretações, dependendo de determinados fatores, como cultura, idioma, civilização, ideologia, clima, entre outros.

O chimarrão é um alimento típico do sul; já o acarajé é outro prato completamente diferente, mas muito comum no nordeste do país. Ainda nesse exemplo, saímos de um clima muito frio, que pede roupas mais quentes, para um local de bastante calor e de uso de roupas frescas.

Pode ser bem complicado convencer os sulistas a usarem roupas de verão em um frio intenso e também incentivar nordestinos a usarem casacos e calças compridas em um ambiente de muito calor.

Com esse contexto, dá para compreender melhor os impactos das mudanças sociais trazidas pela pandemia global. Se era normal o cumprimento entre amigos com apertos de mão e até beijos, por exemplo, hoje, a recomendação é de distanciamento social. Outras alterações profundas são:

  • o uso de máscaras;
  • a recomendação de isolamento em casa;
  • a higienização constante com álcool em gel 70%, entre outras.

Essas práticas vêm sendo recomendadas em todo o mundo e, por isso, fala-se em "novo normal". O fato é que essas exigências impactaram o modo como as pessoas convivem, o modo como trabalham, como se locomovem e como se higienizam.

O baque no setor de transporte foi imediato. Voos internacionais cancelados, viagens de negócios suspensas e o trânsito de pessoas em grandes centros comerciais reduzido praticamente a zero.

Sendo ou não do grupo de risco, muitos se viram obrigados a ficar em casa. Então, vejamos, se a pessoa ficará em casa, por que comprar um carro? Mas um fator fundamental permitiu que a permanência na residência fosse mais viável: a internet!

O comportamento, a cultura, a locomoção, o trabalho online e muitos outros fatores estão compondo o novo normal e não há previsão para voltar ao modelo antigo. Entendeu por que as agências precisam se reinventar nesse cenário?

Por que é importante acompanhar as principais tendências?

A estratégia ideal para superar esse desafio é acompanhar as novas tendências. O mercado automotivo já vinha sofrendo transformações com o advento de carros elétricos e autônomos, mas alguém muito importante também mudou: o consumidor.

Hoje, os clientes buscam informações na internet, encantam-se com a realidade virtual e estão muito mais analíticos para concretizarem a compra de um automóvel. Vejamos, agora, o que é tendência nesse novo cenário.

O que devemos considerar como tendências reais para o mundo automotivo?

Chegamos ao momento principal. Agora que você compreendeu os porquês desse novo conceito, vai conferir com muito mais atenção o que esperar do futuro. A seguir, descubra as principais tendências.

1. Aumento de vendas de veículos pessoais

O uso de veículos pessoais deve aumentar por questão de segurança e de conforto na pandemia. Ainda que a locomoção diminua, ela permanece necessária e todos que puderem investirão em veículos próprios para evitar o contato com outras pessoas.

A agência deve, então, pensar nesse aspecto, mas compreender que essa elevação não será tão significativa e considerar esse conforto na hora de destacar os benefícios da compra dos modelos.

2. Acompanhamento de ofertas

O sentido de urgência deve diminuir. Assim, o consumidor tem mais disponibilidade de tempo para aguardar possíveis ofertas. Essa estratégia deve ser mais incisiva para conquistar novos clientes e fechar mais vendas.

3. Investimento em internet

Essa é uma das tendências mais lógicas. O novo consumidor busca informações sobre os modelos na grande rede. Nesse ponto, a agência deve ter canais atrativos e eficazes para se comunicar e possibilitar compras por esse meio.

Determinadas tecnologias, como Big Data, sistemas automotivos e uma cultura voltada para a gestão de dados, serão cruciais para que a agência automotiva esteja integrada a esse novo cenário e consiga se destacar. Finalmente, a possibilidade que a realidade virtual traz para a exibição de características de modelos pode ser um ótimo diferencial para atrair clientes.

4. Pensamento em logística

É possível que uma compra aconteça até mesmo sem a ida do consumidor a uma loja. Nesse sentido, é importante que a concessionária pense em entregas de veículos diretamente na residência do consumidor.

A permanência em lojas deve ser muito menor e pensar em salões mais otimizados é fundamental para não perder dinheiro com espaços muito grandes e com a guarda de muitos automóveis.

5. Oferecimento de uma boa experiência de compra

Outra forma de se diferenciar é oferecendo uma boa experiência ao consumidor. O ideal é que ele se encante logo ao acessar o canal da empresa, seja o site, seja uma rede social, e que haja, além disso, fortes mecanismos de comunicação para incentivá-lo à compra de um modelo.

Ainda nesse contexto, o consumidor deve se envolver mais com opções que trazem mais conforto, como showroom digital, test drive em casa e atendimento por videoconferência, além de contar com revendedores mais próximos da residência.

Com todo esse raciocínio, dá para você compreender bem que o "novo normal" impulsiona todos a mudarem o foco de seus negócios. Ações mais voltadas para esse novo cenário são fundamentais para manter a competitividade e conquistar solidez nos próximos anos.

Neste artigo, você pôde conferir as principais tendências a serem consideradas por todos os líderes de concessionárias. É preciso replanejar as ações e alterar a forma de abordagem com os clientes.

Viu como o novo normal é um conceito seríssimo para o mercado automotivo? O que pensam os seus amigos a esse respeito? Compartilhe o artigo em suas redes sociais para saber!

POSTAGENS RECENTES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo
© 2021 DEALERNET. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Av. Santos Dumont, Nº 6061, Edf. André Guimarães Helitower, Salas 722 a 724 Portão, CEP: 42712-740 Estrada do Coco – Lauro de Freitas
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram