Logo Dealernet

Confira 8 dicas de como se tornar uma concessionária digital!

Confira 8 dicas de como se tornar uma concessionária digital!

Compartilhe:

Várias montadoras já exploravam o modelo virtual de atendimento antes da pandemia e após esse evento de proporções mundiais o conceito de concessionária digital ficou muito mais forte.

E não se engane, não se trata apenas de atender uma onda de inovação. São os próprios clientes que estão obrigando as agências a tomar essa atitude. É preciso digitalizar-se e isso deve ser rápido, imediato e com qualidade.

Por isso preparamos este conteúdo. Se você ainda não se preparou para a transformação digital, comece já. Confira agora mesmo as 8 principais dicas para digitalização de sua concessionária. Veja!

Afinal, o que é uma concessionária digital?

Esqueça o modelo tradicional com salões de automóveis e visitas presenciais de clientes para realizar compras. O momento é da internet. Eles, quando pesquisam novos modelos, buscam imagens, vídeos, explicações sobre funcionalidades e visibilidade virtual.

Para que tudo isso seja agradável ao consumidor, é importante que o gestor invista em ferramentas digitais, como novos canais de comunicação, realidade aumentada, melhores sites de compra, softwares e outras plataformas, que otimizam a experiência virtual.

Portanto, vamos adotar o seguinte conceito: uma concessionária digital é aquela bem adequada às transformações digitais, sobretudo ao promover uma boa experiência digital aos consumidores e contar com tecnologias que facilitem suas rotinas de trabalho.

Mas não fica por aí. Ainda no conceito de inovação, os carros elétricos e autônomos tendem a dominar o mercado e substituírem os modelos tradicionais. Todo esse cenário está mais do que perfeito para a implementação de uma concessionária digital.

É claro, toda essa transformação dá trabalho. É necessário investir seus recursos (como tempo, energia e dinheiro) na modernização da concessionária, adoção de boas tecnologias e alinhamento da força de trabalho. Felizmente, os benefícios também são numerosos.

Por que vale a pena se tornar uma concessionária digital?

Após os acontecimentos causados pela pandemia, muitos comércios fecharam as portas. No entanto, um dos mercados brasileiros que mesmo no meio da crise continuou vendendo foi o ramo de veículos.

Conforme os levantamentos realizados pela Connected Car Industry Report, o cidadão brasileiro é o que mais troca de carro no mundo, e, para ratificar essa tese, no primeiro semestre de 2021 a venda de automóveis usados cresceu 63% em comparação ao ano de 2020.

Isso também se explica pela evolução comportamental do consumidor devido à era digital e claramente pelo lockdown imposto à população que foi fazer compras totalmente pela Internet.

O modelo de concessionária digital é uma forma de negócios quase inevitável, pois o público prefere e se sente mais confortável em fechar aquisições por meios totalmente remotos. Vamos pontuar os 3 principais motivos para você aderir a esse novo formato de compra e venda de veículos:

Mais comodidade ao consumidor

Apenas usando o seu celular, tablet ou computador o indivíduo já consegue filtrar todas as informações necessárias e achar o veículo que deseja e todos os detalhes como:

  • cor;
  • ano;
  • marca;
  • modelo.

Dessa maneira, o usuário localizado em São Paulo pode comprar um veículo que está no Rio de Janeiro e, caso contrário, onde esteja na posição de vendedor, pode fechar a venda sem grandes dificuldades.

Para quem busca vender seu automóvel não é necessário se preocupar com divulgações em massa, pois toda a função de intermediação e propaganda fica a cargo do corretor da concessionária em questão.

Menos burocracia

Aderindo ao modelo de concessionária digital, as burocracias diminuem drasticamente tanto para o comprador quanto para o vendedor. Fica a cargo da concessionária todo o processo de checagem de multas, venda, transferência de propriedade e financiamentos.

Sem necessidade de consignado

Um grande impasse na hora de querer vender um carro em uma concessionária tradicional é deixar o veículo consignado, ou seja, colocá-lo sob os cuidados da empresa. Neste caso, o proprietário não pode mais usar seu bem e dificulta sua locomoção caso precise dele.

Agora, com as concessionárias digitais, essa obrigação está deixando de existir. Tudo o que precisa ser feito é o avaliador ir à casa do indivíduo que deseja vender seu automóvel, cadastrar as informações necessárias e analisar todo o seu real estado.

Feito isso, o carro já fica à venda na plataforma e o proprietário pode continuar usando-o sem problemas.

Quais os benefícios da digitalização na concessionária?

Nos negócios, bons investimentos implicam em retornos proporcionais ou superiores. O mais natural, então, é pensar nas vantagens ligadas à concessionária digital e como podem contribuir para a construção de um negócio rentável, atraente e duradouro. Como existem muitos benefícios em potencial, a seguir, pontuamos os 5 principais. Continue lendo.

Adequação à indústria 4.0

Indústria 4.0 é o termo utilizado para se referir à quarta revolução industrial. Ou seja, o período onde tecnologias de ponta, como inteligência artificial, impressão 3D e internet das coisas, ganham vida. Por muitos, também é chamada de nova economia.

Concessionárias bem adequadas à indústria 4.0 estão na vanguarda do mercado, ou seja, estão um passo à frente da concorrência e contam com menos chances de serem superadas na “corrida” da inovação. Isso resulta em muitos tipos de ganho, inclusive financeiro.

Melhor interação com os consumidores

A maior obrigação da concessionária é fazer clientes e a segunda maior, é mantê-los por longo prazo. Por isso, é importante investir na interação com o consumidor — que busca por melhores canais digitais para tirar dúvidas, pesquisar produtos e fazer compras.

Neste caso, na medida em que sua concessionária avança em termos de modernização, também melhora a experiência dos clientes atuais e potenciais. Consegue fornecer mais agilidade, precisão, segurança e interação em cada ponto de contato com o consumidor.

Aumento das vendas

Quase toda concessionária tem uma forte orientação às vendas. Sendo assim, traçam metas comerciais, treinam seus consultores, monitoram indicadores de venda e definem táticas para concretização de negócios. Bem, aqui, o digital faz toda a diferença.

Uma concessionária digital tem mais facilidade para fazer marketing, chegar até os clientes, negociar produtos e fechar negócios. Existem muitas tecnologias, como sistemas de venda e plataformas de relacionamento com o cliente, que potencializam o comercial.

Melhoria das decisões diárias

Nas concessionárias, diariamente, é preciso tomar uma série de decisões (que podem ser operacionais, tributárias, de financiamento e/ou investimento). O ponto é que, em última análise, o sucesso da empresa depende da qualidade de cada escolha feita.

Novamente, uma concessionária digital tem vantagem. Há mais facilidade em levantar e analisar dados dos clientes e rotinas de trabalho, além de construir relatórios e painéis de controle (dashboards). Assim, as decisões tornam-se mais bem fundamentadas.

O que fazer para se tornar uma concessionária digital?

A concessionária digital prioriza o universo online e explora técnicas virtuais de comercialização de veículos considerando a nova jornada de compra do consumidor, que busca modelos na internet e adapta isso aos funis de vendas até a decisão de compra.

Esse tipo de gestão é baseado não só em técnicas digitais, como blogs, sites e redes sociais. Está também intimamente ligado ao uso de plataformas online para melhoria do fluxo de trabalho, gestão de inteligência de negócios, orientação por dados e análises preditivas.

Digitalizar a concessionária é, portanto, uma atitude decisiva para o seu negócio. É uma questão de sobrevivência e você precisará investir em 7 mudanças cruciais ao sucesso do empreendimento. Adiante, explicamos cada mudança e como adotá-la na prática.

1. Invista em marketing digital

Para se tornar digital é necessário criar identidade digital. Buscar visibilidade online, estar presente em redes sociais, ter um blog/site com conteúdo de qualidade e realizar boas práticas de marketing na internet.

O marketing tradicional vem sendo substituído gradativamente pelo modelo digital que oferece uma série de benefícios como segmentação de publicidade, mensuração de resultados mais precisa e alcance gigante em relação ao método antigo.

Especialmente nessa estratégia o conceito de marketing de conteúdo torna-se o produto central da atração. Ou seja, com conteúdo de qualidade, você terá muito mais chances de atrair, conquistar e fidelizar o seu cliente.

2. Aposte no showroom virtual

Lembra do salão de automóveis? Que tal um showroom virtual com recursos atrativos para o cliente viajar em modelos, designs e inovações de marcas automotivas? Quer ver um aspecto interessante desse ambiente?

Pense na experiência do cliente que terá uma página dedicada a ele com as funcionalidades para personalizar o seu modelo de acordo com suas vontades e simular um veículo com o seu perfil!

Cores, itens de conforto, liga leve e outros fatores podem ser alterados facilmente em ambientes virtuais e proporcionar ao cliente uma versão dedicada e pronta para encomenda considerando um sistema integrado ao recurso de venda.

3. Conte com um software de gestão

Outro aspecto importante dessa transição para o modelo digital é a ampliação de alcance de clientes. Então não é só uma mudança, é uma nova perspectiva de vendas devido ao alcance da internet.

Todo esse suporte gera um número muito maior de informações exigindo controles mais precisos e inteligentes e é nesse ponto que entram os softwares de gestão com otimização de fluxos de trabalho, suporte à tomada de decisão, gerenciamento de relacionamento com clientes e outras funcionalidades.

Você encontra soluções totalmente voltadas para gestão automotiva com soluções de gestão focadas em inovação, atração de clientes e outras particularidades do setor de automóveis como estoque e oficina, além de contabilidade, finanças e área fiscal.

4. Amplie os canais de comunicação

Antes o contato era por meio de telefone e atendimento presencial em lojas. Hoje o conceito online permite muito mais portas de atendimento como as redes sociais, os aplicativos de mensagem instantânea, as páginas de vendas, dentre outros.

Em todos esses canais você terá a oportunidade de ter um relacionamento mais próximo e eficaz com seu cliente explorando estratégias de atração, decisão de compra e pós-venda.

A comunicação é outro fator de controle que uma concessionária digital pode abranger. Todos os canais podem ser integrados e até otimizados por meio de tecnologias como chatbots, que permitem atendimento 24 horas e 7 dias por semana.

5. Foque na conversão de Leads

As estratégias de captação de clientes como o marketing de conteúdo, tráfego orgânico ou pago nas redes sociais servem para captar leads ao máximo. Caso uma pessoa resgatou um e-book ou se inscreveu na newsletter do seu blog, é porque ela está interessada no seu negócio.

O grande objetivo é convertê-las em clientes. Seja qualquer tipo de empreendimento digital, a empresa precisa aumentar esse percentual ao máximo que puder.

Enquanto a concessionária for captando potenciais compradores por meio de anúncios ou redes sociais, a tendência é qualificar ainda mais o público.

6. Faça um melhor uso dos dados

A construção da concessionária digital também depende do melhor aproveitamento dos dados. Pense nos dados como unidades básicas de conhecimentos, que podem estar ligadas ao perfil dos seus clientes ou rotinas de trabalho, entre outras coisas. Ao agrupar os dados, é possível ter acesso a informações robustas, estratégicas e úteis para a tomada de decisão.

Portanto, invista na criação de uma concessionária orientada por dados, onde as escolhas mais relevantes sejam baseadas em evidências. Isso depende de rotinas bem estruturadas (o que inclui levantamento, organização e controle dos dados), bem como tecnologias de ponta. Bons softwares podem, a partir dos seus dados, automatizar relatórios e dashboards.

7. Invista em pesquisa, desenvolvimento e inovação

Pesquisa, desenvolvimento e inovação (daqui em diante, PD&I) não é um conceito tão comum às concessionárias, mas certamente é crucial aos negócios mais inovadores. Então, vale pensar mais em PD&I, adotando-o como parte da rotina de trabalho.

Na prática, invista na pesquisa de novas soluções. Podem ser melhores produtos, serviços ou sistemas. Além disso, desenvolva suas próprias soluções, se possível ao lado de talentos de TI ou consultorias especializadas. Não obstante, faça testes e promova inovação, tendo o intuito de que novas soluções sejam efetivamente adotadas no local de trabalho.

Vale destacar que PD&I é um esforço coletivo. Não depende apenas da alta administração da concessionária, pois inclui os funcionários, parceiros estratégicos, especialistas e até os fornecedores. Logo, vale a pena construir uma força tarefa dedicada à inovação.

8. Alinhe a equipe de trabalho

A transição de uma concessionária tradicional para digital pode envolver mudanças. É preciso integrar novos softwares, rotinas e hábitos, além de construir equipes pró-ativas e autônomas. Por isso, também é importante investir na sua força de trabalho.

Converse com sua equipe de trabalho e deixe claro as mudanças que estão acontecendo, explique o motivo e como todos (sem exceção) podem ser beneficiados. Além disso, invista no alinhamento interno, garantindo que todos saibam o que fazer, como e quando.

Na medida em que a equipe é bem orientada, a transformação digital da concessionária torna-se mais bem-sucedida e o nível de resistência ao novo é reduzido. Os colaboradores sentem-se mais entusiasmados em fazer coisas novas e mudar com a empresa.

Quando iniciar a transformação digital na concessionária?

Agora! Se você ainda não começou, está atrasado e corre graves riscos de sobrevivência do seu negócio. Lembre-se do principal ponto de vida de sua concessionária: o cliente.

Se o consumidor está em ambiente virtual, por que você não está? Avalie o seu estágio, a quantidade de equipamentos disponíveis, o seu conhecimento sobre o universo online, os seus estudos sobre modelos autônomos e elétricos e as plataformas de gestão online.

Comece a implementação desde o zero, fazendo um levantamento financeiro necessário para essa aplicação. O futuro do setor automotivo também está envolvido pelo universo digital e o gestor precisa buscar meios rápidos para essa realidade.

Quais as consequências da não adaptação ao digital?

Como pode observar, a transformação digital é uma necessidade presente. Portanto, na medida em que a concessionária deixa de investir neste assunto, pode obter uma série de consequências negativas — que afetam o negócio, seus fundadores e funcionários.

Primeiramente, a concessionária lida com múltiplos custos de oportunidade. Sem boas tecnologias, perde-se a oportunidade de atuar como pioneiro, estar mais perto dos atuais clientes, automatizar tarefas e reduzir custos não estratégicos, entre outras coisas.

Outro problema está na dinâmica com a concorrência. Na medida em que competidores investem em coisas novas e sua concessionária mentem os mesmos processos, produtos e serviços, há mais chances de que seja superada. Adiante, pontuamos outros problemas:

  • redução do nível de produtividade diária e eficiência operacional;
  • inadequação aos novos modelos de negócio e paradigmas de competição;
  • piora na captação de clientes e subutilização dos canais (meios) digitais;
  • redução do percentual de participação de mercado (market share);
  • aumento do número de consumidores insatisfeitos com a concessionária.

Em última análise, a não adaptação ao digital coloca em xeque a sobrevivência do negócio, podendo levá-lo ao fracasso. Isso porque a concessionária torna-se menos ágil, envolvente e relevante, o que implica em mais dificuldade para vender e nutrir os atuais clientes.

Agora, que você está por dentro do assunto, lembre-se que construir uma concessionária digital depende de um conjunto de passos, é preciso investir em bons softwares, melhores canais de comunicação com o cliente e em boas ferramentas que melhorem o marketing de sua empresa.

Caso tenha gostado deste artigo, comente logo abaixo a sua opinião conosco sobre o que acha deste novo modo de realizar compra e venda de veículos!

POSTAGENS RECENTES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo
© 2021 DEALERNET. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Av. Santos Dumont, Nº 6061, Edf. André Guimarães Helitower, Salas 722 a 724 Portão, CEP: 42712-740 Estrada do Coco – Lauro de Freitas
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram