Logo Dealernet

Reabertura do comércio: quais os cuidados que a sua concessionária deve seguir?

Reabertura do comércio: quais os cuidados que a sua concessionária deve seguir?

Compartilhe:

Após um período bem difícil por conta da pandemia de COVID-19, a flexibilização começa a aparecer gradativamente e a reabertura do comércio está sendo liberada aos poucos para os diversos setores.

Em concessionárias de veículos, não é diferente. É preciso seguir protocolos de segurança e higiene para evitar problemas de contágio e com a fiscalização sanitária. Nesse caso, a palavra "cuidado" tem se repetido muito.

Neste artigo, falaremos sobre os 5 principais cuidados que você precisa considerar para reabrir o seu negócio com total segurança e evitar até um surto entre os colaboradores, sendo obrigado a parar novamente. Confira!

Como seguir as regras de reabertura do comércio?

Uma boa dica é atentar para as legislações de acordo com a localidade da concessionária. Há lugares em que a flexibilização está em estágio mais avançado, porém, há casos em que pode haver, ainda, alguma rigidez para a reabertura.

Havendo a flexibilização, é preciso fazer um levantamento de todos os investimentos necessários para criar o suporte de trabalho. Equipamentos de proteção e higiene, medidores de temperatura e outros relacionados estão sendo muito utilizados.

Além disso, é essencial olhar a estrutura do local e visualizar a distância entre cadeiras em salas de espera, demarcações de base para o distanciamento social em filas e até a restrição de entrada de clientes, dependendo da demanda da concessionária.

Tudo isso exige muitos cuidados e isso deve estar bem coordenado para evitar situações de contágio ou problemas com a fiscalização sanitária. Dessa forma, para que você tenha um norte, separamos os principais cuidados recomendados pelas autoridades de saúde. Veja!

Quais são os 5 principais cuidados?

A partir de agora, falaremos das principais ações de enfrentamento à pandemia de COVID-19 pelos estabelecimentos comerciais que pretendem reabrir o comércio. Os cuidados não totalizam as ações, mas representam os mais necessários para a prevenção.

1. Trabalhe com uma equipe qualificada

É claro que não há um preparo prévio para esse tipo de enfrentamento. Então, será preciso haver a capacitação de uma equipe para garantir que as medidas de isolamento sejam cumpridas à risca.

Todos devem estar engajados em cumprir as regras, oferecer suporte aos visitantes do estabelecimento e monitorar a movimentação dentro da loja. É importante que a equipe compreenda os prejuízos de sanções, como multas, além dos riscos de contágio entre os funcionários.

Tanto a equipe de atendentes como a de limpeza devem ser muito atentas em relação aos cuidados. A higienização deve ocorrer com maior frequência em determinados locais, como cafeterias, recepções e banheiros, além da limpeza de maçanetas na entrada do estabelecimento.

2. Adquira produtos de higiene

Invista em equipamentos de higiene e deixe-os estocados em local de fácil acesso aos funcionários. Além disso, permita que os visitantes também tenham acesso a máscaras descartáveis e álcool em gel.

Não deixe que faltem itens básicos em banheiros, como os papéis descartáveis para a limpeza e o sabão líquido. O ideal é que esses locais sejam sempre monitorados em relação à higienização. Nesse caso, uma boa equipe de limpeza também fará diferença.

3. Adquira EPIs (equipamentos de proteção individual)

Para atendentes e pessoas que têm maior contato com clientes, vale reforçar o uso dos equipamentos de proteção com utilização de máscaras para boca e nariz e máscaras de proteção facial. O uso dessas máscaras descartáveis não deve ultrapassar um período de 4 horas e elas devem ser trocadas sempre que forem molhadas.

Distribua pontos ao longo do estabelecimento com disponibilidade de álcool em gel, como em saídas de banheiros, corredores e outros com alto trânsito de pessoas. As luvas também são itens fundamentais, porém, não dispensam a prática de lavagem das mãos.

4. Fiscalize o distanciamento social

Além das demarcações em espaços de filas, procure fiscalizar se clientes e funcionários estão respeitando essas medidas. Sempre que for notada a iminência ou a concretização de uma aglomeração, é importante que um colaborador aborde o público com gentileza para que isso não aconteça.

Se possível, o uso de câmeras em locais separados também pode ser útil para monitorar medidas não recomendadas de isolamento. Lembrando que um surto da doença entre os colaboradores pode até gerar uma nova parada por conta da ausência de equipe mínima para trabalhar, então, fiscalizar nunca será demais.

Além disso, o próprio cliente pode notar a falta de cuidado e não se sentir seguro para visitar a loja e realizar uma compra. Portanto, considere sempre a visão do cliente para garantir a proteção.

5. Monitore o estado de saúde da equipe

Não deixe de verificar o estado de saúde de funcionários com frequência diária. Um colaborador saudável hoje pode apresentar uma febre amanhã e acabar infectando colegas. Lembre-se de que o prejuízo de uma ausência será muito menor que a falta de um grupo.

Faça com que os colaboradores tenham segurança caso sejam infectados oferecendo todo o suporte necessário para o tratamento da doença. Um colaborador bem recuperado pode elevar a motivação dos colegas.

Por que é importante manter uma rotina de higienização?

Enfatizamos a importância de fazer a higienização dos espaços, dos equipamentos e dos veículos do showroom. O giro de pessoas é normal e algumas podem estar assintomáticas. Então, sempre, entre uma visita e outra, é importante higienizar o local.

Como utilizar a tecnologia a favor?

Um aspecto importantíssimo em relação a essa adaptação é a avaliação financeira da volta. Talvez o investimento e o esforço não compensem tanto como a implementação de uma estrutura digital de atendimento. Veja agora algumas vantagens.

Atendimentos online

Vale ressaltar que as pessoas mudaram os seus hábitos. Toda essa transformação pode gerar uma expectativa frustrada diante de um baixo número de visitas. Porém, na internet, já encontramos um acesso massivo das pessoas em relação a compras e pesquisa sobre carros.

Showroom digital

Nesse ponto, promover um showroom digital pode ser uma excelente pedida, já que o cliente teria a possibilidade de ver, no conforto de sua casa, as qualidades de um modelo e até efetuar uma compra caso o sistema digital esteja programado para isso.

Infraestrutura digital

Essas ações compõem a ideia de uma estrutura digital que tende a substituir as estratégias de atendimento presencial. Dessa forma, pensar na concessionária online pode ser uma saída mais viável em relação aos transtornos da reabertura do comércio.

Percebeu como você pode reabrir o seu negócio com segurança? Mas nunca se esqueça de que o momento pandêmico trouxe uma nova perspectiva de abordagem de clientes, então, pesquise sobre as tecnologias virtuais que devem ser muito mais seguras diante das circunstâncias.

Que tal conversar com amigos sobre esse processo de reabertura do comércio? Compartilhe este artigo em suas redes sociais e descubra como as pessoas estão reagindo a isso!

POSTAGENS RECENTES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo
© 2021 DEALERNET. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Av. Santos Dumont, Nº 6061, Edf. André Guimarães Helitower, Salas 722 a 724 Portão, CEP: 42712-740 Estrada do Coco – Lauro de Freitas
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram